Total de visualizações de página

terça-feira, 7 de setembro de 2010

RADIO TEM GATO NA TUBA

04/09/2010 - 08h00
Crianças de escola pública de São Paulo criam a rádio Tem Gato na Tuba
BRUNO MOLINERO
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Eduardo Anizelli/Folhapress


O repórter mirim Lucas faz entrevista sobre a horta da escola

Gabriel Martela, 6, parece um pouco nervoso. Ele tem uma grande responsabilidade: é o controlador de som da Tem Gato na Tuba, rádio mirim da Escola Municipal de Educação Infantil Guia Lopes, em São Paulo.

Mas Gabriel não é o único. Todos os alunos que fazem a rádio estão ansiosos. Eles deram duro o ano todo. Brincaram de jornalistas, fizeram entrevistas, escolheram músicas e tudo o que têm direito. Tem Gato na Tuba é uma rádio completa. Feita de criança para criança.

Gabriel continua sério. Parece que o gato comeu sua língua. Mas logo começa a tocar a música e ele abre um sorrisão. Troca os CDs e aperta o botão "pause", como se fosse a coisa mais natural. "Não é difícil. Mas, se você for tentar fazer em casa, não vai conseguir", conta.

Enquanto Gabriel cuida da parte técnica, quem rouba a cena é Marcos Brito, 6, e seu microfone encaixado na orelha. Ele é o radialista principal e comanda tudo com a frase mais legal da rádio: "É com você, fulano!".

Eduardo Anizelli/Folhapress

Gabriel narra as últimas novidades do futebol e da seleção

E existem muitos fulanos na equipe. Um repórter fala do trânsito, outro da previsão do tempo, outro dos trabalhos de escola. Mas nada sacode mais a poeira do que a parte musical. Cantando e dançando de Chico Buarque a Michael Jackson, Kethellyn Taís, 6, adorou as músicas. "Mas a mais legal é 'Tem Gato na Tuba'" [do Balão Mágico e que dá nome à rádio]."

A programação acontece uma vez por mês, em dois horários: às 9h30 e às 15h30. Sempre comandada pela garotada de até seis anos.

E você? Já pensou em fazer uma rádio? Então converse com um professor e mãos à obra!

2 comentários:

POIE Luanda disse...

Essa rádio ficou uma graça, espero que continue a todo vapor e parabéns para as idealizadoras do projeto.

Emei Guia Lopes disse...

Obrigada!
Um grande abraço