Total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Série: "Por favor, eu gostaria de saber..."

Recebemos inúmeras visitas em nossa escola e algumas curiosidades são comuns aos visitantes. Nesse sentido, pensamos em divulgar as questões que nos são apresentadas e as respostas a elas por aqui.
Explicitamos, desta forma, não o quê fazemos mas como fazemos. Nossas concepções estão expressas no Projeto Político Pedagógico da escola, portanto as respostas consideram, apenas, os procedimentos que adotamos de forma simples e direta.
 Se ficou curioso(a) ou se tem perguntas que queira fazer, deixe sua pergunta nos comentários dessa postagem. Elas serão incluídas na sessão “ Por favor, eu gostaria de saber...".

Comecemos então...

1- Qual é a linha pedagógica utilizada?
Esta é uma pergunta sem resposta. Acreditamos que ao optarmos por uma única linha estamos, na verdade, reduzindo possibilidades. A redução ainda fica mais crítica quando elegemos esse ou aquele teórico.  Conhecemos algumas escolas e profissionais que acabam ficando reféns de concepções únicas. Inspiramo-nos no pensamento de Paulo Freire, Henry Wallon, Edgar Morin entre outros tantos. O que nos sustenta é a nossa prática. Aquela que compreende que não há lugar para qualquer tipo de restrição ao conhecimento. Fomos construindo ao longo dos anos e com a participação de todos os profissionais da escola, um pensamento próprio, com justificativas próprias. Temos alguns arrepios a qualquer tipo de categorização. Buscamos construir uma pedagógica autoral e essencialmente brasileira. O que nos inspira é a experiência que compartilhamos no dia a dia com nossas crianças e famílias.
Algumas concepções estão descritas em nosso Projeto Político Pedagógico e claro que servem de norte para todas as nossas ações, mas o que faz acontecer a educação que queremos é a disponibilidade que temos em revê-las quando preciso.
2 -O que é colocado no portfólio individual? Esse portfólio é entregue aos pais no fim do ano?
No portfólio individual são registradas algumas vivências significativas da criança tanto no que diz respeito ao projeto didático como também nos diferentes territórios de aprendizagem. A elaboração desse portfólio é de inteira responsabilidade da criança porque um dos seus objetivos é valorizar suas produções e conquistas. Sim, toda a documentação é entregue aos pais no final do ano.
 3 -E no diário de projeto?
O diário de projeto conta a história do projeto e as aprendizagens|conhecimentos que foram construídos durante o ano letivo. A responsabilidade de sua confecção é do professor que solicita às crianças algumas produções para compô-lo. Os Diários de projeto permanecem na escola pois são utilizados para fins de pesquisa todos os anos pela gestão e pelas próprias crianças e professores.
4 -Quais são os ambientes utilizados para atividades de livre escolha das crianças?
Todos. Isso depende do planejamento do professor e dos objetivos que ele escolhe em nosso quadro de referência (currículo).
5 -Qual a diferença entre a ludoteca e a brinquedoteca?
A ludoteca foi construída para o desenvolvimento de algumas habilidades e competências relativas à solução de problemas. Para isso, existem três tipos de propostas: a) se apropriar de algumas regras específicas, b) criar novas regras para jogos já existentes ou c) construir jogos temáticos que atendam às necessidades do projeto.
Na brinquedoteca, não há nenhum planejamento antecipado, pois o território é pensando para a livre expressão da criança. O que se planeja para esses momentos é quais as crianças que serão observadas pelo professor nesse contexto.
6 -O que faz o professor "módulo" além de cobrir faltas? Ele também planeja as aulas de substituição?
Os professores de módulo cumprem uma linha de tempo igual a dos professores em regência. A gestão determina sua presença para auxiliar os professores em momentos que exijam da criança uma complexidade maior de procedimentos. Por exemplo: artes, sala de leitura, momentos de registro, culinária, entre outros. Todas as professoras que acolhem crianças com deficiência contam com uma professora de módulo ou com a presença de servidores do quadro de apoio em todos os momentos da rotina. O quadro de apoio também cumpre uma linha de tempo definida pela gestão.
Além disso, eles planejam cinco atividades (nos mesmos moldes que os professores em docência) para serem realizadas nos dias de substituição. Utilizadas todas elas, os professores de módulo planejam mais uma semana (cartas na manga).
SP 27/09/2017.

Nenhum comentário: